Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mágico desajeitado

O mágico desajeitado...

Em uma terra muito bonita, que mais parecia uma solitária ilha, vivia um mágico muito desajeitado.

Seu olhar profundo esverdeado, parecia-se com as ondas do mar, balançado-se aqui e acolá.

Um dia misturou várias magias e uma linda mágica realizou. Um balanço para as crianças se balançarem.Entre dois galhos de uma árvore desciam os condões que atados ao tronco, formavam uma espécie de guirlanda toda enfeitada de flores. O assento era como um tabuleiro de xadrez sem as peças.

A criança se sentava e no vento se balançava, ora aqui, ora aclá. De lá para cá, sem nunca se cansar, olhando para trás, olhando para a frente, sem descansar, de tanto balançar.

A mágica era legal, mas alguma coisa não estava certa. Rosinha a menina caiu logo em seu primeiro, sobe e desce. A dor no traseiro foi enorme. Parecia que tinha algo quebrado. A mágica não estava funcionando. O mágico sem graça, foi logo tentando consertar:

- Olha menina, espere um pouquinho, você vai voltar a se balançar, e vai gostar.

A menina sorriu, agradeceu e sumiu.

O mágico ficou deprimido. Entrou em conflito, ficou preocupado, coitado do mágico desajeitado.

Olhou para o céu e pediu ao Criador, em simples prece, para ajudá-lo a consertar sua mágica.

O maior mágico de todos os tempos, o Criador, mostrou para o mágico desajeitado no espelho além do horizonte. A imagem de um príncipe jovem belo, elegante, nos ombros levava uma guitarra, cantava músicas tão lindas e histórias divertidas contava. E podia-se ver a saga do lim pa dor do céu. Com um grande espanador na mão, a sua casa limpava, tirando a poeira dos astros, até no escuro da noite, cutucava as estrelas adormecidas. Até que saiu do espelho, desceu a terra, com seu espanador e cutucou a mente do pobre e desejeitado mágico,

O mágico ficou tão pensativo e resolveu recriar o “balanço”. Deu tudo certo dessa vez, as crianças brincavam, sorrindo e felizes.

(Não conte para ninguém o final da história:) O mago resolveu experimentar também o balanço, sabe o que lhe aconteceu? Ele era muito desajeitado, e caiu como fruta madura ao chão. Tabóf. Então ele entendeu que não era sua mágica que não dava certo, ele era mesmo desajeitado.
Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 13/09/2006
Código do texto: T239215

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87669 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:14)