Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O CARANGUEJO E A SIRI

Nico Passou a semana,
Pensando no que iria falar,
Que desculpa convincente,
E como se revelar!

Nico é um caranguejo,
Que fingiu ser um siri,
Pra sua amada Sirina,
Que de férias estava ali!

Pintou o corpo de vermelho,
Com uma frutinha do mangue,
Por patas cheias de pêlos,
Disse que era do sangue!

A Sirina, apaixonada,
Educada, uma dama!
Só estranhava o seu tamanho,
E a sua toca na lama!

Saíram pra um passeio,
No mar, foram nadar!
Nico se esqueceu,
Que não dava pra disfarçar!

O seu corpo de vermelho,
Logo descoloriu!
Sirina levou um susto,
E a verdade surgiu!

Nico, já sem saída,
Contou então o que fez,
Disse que foi por amor,
E não faria outra vez!

A mentira tem pernas curtas,
E se pudesse voltar atrás,
Não negaria ser caranguejo,
Mas não, que a ama demais!

No fundo ela já sabia...
E não ficou tão zangada!
Só não queria mentiras,
Não ser alvo de piadas!

Desfeito o mal entendido,
E o Nico arrependido,
A paixão falou mais alto,
Foi feito então o pedido!

Sirina, apaixonada,
Disse sim ao casamento,
A data foi logo marcada,
Que beleza, um grande evento!

Uniu-se o mar e o mangue,
Como nunca havia antes!
Siris e caranguejos,
Numa festa emocionante!

O Nico e a bela Sirina,
Realizaram o desejo!
Tiveram muitos filhotes,
Nasceram, os Siriguejos!
Carlos Mambucaba
Enviado por Carlos Mambucaba em 28/11/2006
Reeditado em 14/08/2009
Código do texto: T303982
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Carlos de Almeida). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
O CARANGUEJO E A SIRI - Carlos Mambucaba
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Mambucaba
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
484 textos (39316 leituras)
60 áudios (6885 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:58)
Carlos Mambucaba