Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A rosa pequenina

Triste era ver a seca terrinha
do terreno aterrado,
onde havia sido plantada
uma pequenininha muda de rosa.

A pequenina não crescia,
pois fazia tempo que não chovia.
Ela estava fraca e fina
e sonhava com a chuva chuviscando.

O sol forte, cheio de graça,
trazia um calorão, fazendo pirraça.
A rosinha então pediu: - Chuva, venha depressa!
E a chuva atendeu o pedido, e veio com pressa.

A chuva chegou chuvosa...
choveu formosa,
um chuvisco fininho
refrescando a vida da rosa.

A delicada plantinha
cheia de felicidade se espalhava
com as folhas verdinhas.
Contente balançava ao vento.
E de noite se alegrava ao relento.

03/09/2007
Cláudia Zin
Enviado por Cláudia Zin em 16/09/2007
Reeditado em 29/11/2012
Código do texto: T654567
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Zin - http://recantodasletras.uol.com.br/autores/claudiazin). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Zin
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 50 anos
305 textos (40102 leituras)
3 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:39)
Cláudia Zin