Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PATO JOSÉ

Eu quero contar um fato:
Na lagoa tem um pato
Nadando de madrugada
Procurando a pata amada.

Ele nada de frente e de ré:
- Cuidado pato José,
Na lagoa tem jacaré
Ele pode te pegar pelo pé!

Voa, voa patinho José,
Não pouses no quintal do Mané
Porque ele espera na cancela
Pra te botar na panela.

Vai patinho, numa nuvem rosicler,
Voa o mais alto que puder
Fuja do milharal do Nabuco
Porque ele tem um trabuco.

Voa, voa patinho José,
Nas tuas asas eu boto fé
A tua amada te espera
Neste final de Primavera

Nadando no riacho manso
Da fazenda do nhô Picanço
Com seis gracinhas, ai,ai,ai,
Que vão te chamar de papai.

02/11/05.


Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 02/11/2005
Reeditado em 21/04/2011
Código do texto: T66362

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343091 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:14)
Maria Hilda de Jesus Alão