Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A janela

A janela
Maria da Graça Almeida
 
Ganhou saia, a janela,
tão bonita, amarela.
É franzida, é florida,
cobre bem sua canela!

Quando o vento atrevido,
vem, levanta sua saia,
fica rubra a janela,
ao mostrar as pernas dela!

A janela não entende
por que chamam de cortina
sua saia bem talhada,
colorida e assim tão fina!
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 08/11/2005
Código do texto: T68734
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
248 textos (14801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:29)
maria da graça almeida