Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É assim que criança pensa

E os carrinhos fazem vrum, vrum, que importa a hora desse barulho,
o que importa é que estão vivos e brincam comigo.
O relógio dos brinquedos não é igual ao do papai e da mamãe, eles acordam quando os pais dormem, por um motivo lógico:Pais são adultos...brinquedos gostam de crianças.
Quem já viu um adulto conversando com uma boneca, ou tomando chá de mentirinha, ou ainda comendo bolo de areia. Ninguém, claro!
Os carrinhos só conversam com meninos, nem de meninas eles gostam muito, elas nem sabem acelerar direito.
E a bola, que mal existe em ela ir morar no gol, as três da manhã, é um horário como outro qualquer.
E o Batman e o Hobin, e o Homem Aranha, são super heróis, então ficam acordados de noite para proteger o sono das crianças.
Vou contar um segredo...os brinquedos ficam acordados de noite porque assim o monstro que mora debaixo da cama não vem nos assustar. E ainda tem o bicho papão que mora em cima do telhado, e o boi da cara preta...
Eles ficam conosco até que o sono nos vença, e velam nosso ninar pra no dia seguinte acordemos dispostos.
Pais não percebem, mas brinquedos também dormem pouco, e não ficam de mal humor de manhã.
Eles também tem um dia agitado, mas ainda assim brincam conosco  de noite.
Criança gosta de cores, e as paredes das casas normalmente são brancas, então os lápis, nossos outros amigos nos ajudam dando um colorido novo "pras tadinhas" das paredes.
Não entendo porque as mamães ficam tão bravas por isso, aquele desenho tinha ficado tão bonito, mudou a decoração da sala.
Vida de criança não é nada fácil,mas adulto nem lembra mais disso.
Normalmente os pais dormem na metade do desenho, nem assistem aquela parte legal que o porco espinho briga com o Bambi, porque ele suja sua casa.
Fazer o que né, um dia vou inventar um brinquedo que irá trasformar  pais em crianças e dai eles vão brincar sem cansar, e será tudo uma festa.
Mas eles não ficarão crianças pra sempre, senão aquela hora gostosa do cobetor com colinho não vai acontecer, e precisamos de aconchego, precisamos de carinho, precisamos de beijinhos.
Ai, ai, como é bom ser criança!
Patricia Elizabeth
Enviado por Patricia Elizabeth em 14/10/2007
Código do texto: T694008
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patricia Elizabeth
Londrina - Paraná - Brasil, 43 anos
67 textos (7676 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 06:51)
Patricia Elizabeth