Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Papagaio sabichão

O Papagaio sabichão

O meu avó tinha um lindo papagaio
Era colorido e bastante vaidoso
Até por acaso, tinha muita graça
E todos lá em casa lhe achavam piada
Ele tinha bastante graça a não ser…
A velha criada do meu avó
Era uma mulher rude e mal encarada
Sempre a resmungar e zangada
Como podem imaginar
Ela odiava o papagaio
Pois ele dava muito trabalho
E além disso fazia piada acerca dela
Quando passava a sua beira
Sempre falava o papagaio
Lá vai o raio da velha, mal humorada
E todos desatavam a rir, com tamanha graça
Todos em minha casa o adoravam
Ora um dia a velha criada…
Zangada com tanta sujeira
Deixou fugir o papagaio
Ele voou para fora de casa
Mas como era matreiro e não era tolo
Deixou-se ficar poisado na velha árvore
E viu a velha criada a namorar
Voltou para dentro de casa
E no seu poiso ele falou
Venham cá, todos depressa
Todos correram atarefados
Ficaram espantados por ele estar, solto
Mas o papagaio sabichão, falou
Foi o raio da velha que me soltou
Para ir para a traseiras com homem do talho
Estava assim a velha na marmelada
E assim acaba a história
Pois desataram todas as gargalhadas
Com a piada do papagaio

Betimartins
Enviado por Betimartins em 16/10/2007
Código do texto: T696046

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1675 textos (97735 leituras)
9 áudios (899 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:18)
Betimartins