Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

anjinho

Era dia de missa na capela da fazenda de seu Rufino.
Maribel vestiu sua roupinha de anjo, pra sair na procissão.
Sapatinhos de verniz, lá foi ela bem fagueira, para rezar para São Sebastião.
Começou a observar que havia muita moedinha, aos pés do santo.
Ficou fascinada...Não conseguia desviar o olhar daquele brilho dourado.
Na hora da comunhão, misturou-se à multidão, e ,num piscar de olhos, pegou um punhado do tesouro.
Foi percorrendo a capela e distribuindo as moedas , imagem por imagem.
Em dado momento, alguém percebeu a atuação do anjinho e a interpelou:
 - O que está fazendo com o dinheiro do santo? Quer ir para o inferno?
Maribel assustou-se. e acabou se enroscando nas asas.
 - ESTOU SÓ DANDO O BRILHO DO SOL PARA ESSAS POBRES PESSOAS.
                                 GARDÊNIA
gardênia
Enviado por gardênia em 06/11/2007
Reeditado em 07/11/2007
Código do texto: T725993
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gardênia
São Paulo - São Paulo - Brasil
397 textos (11591 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:34)
gardênia