Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Pequena Grande Estrela

O céu naquela noite estava ainda mais iluminado. Os anjos entoavam felizes, lindas canções. Todos festejavam o nascimento de três novas estrelas no universo.
À primeira delas Deus chamou de Celeste. Escarlate para a segunda e, por fim, chamou à terceira estrela de Theodora.
Celeste e Escarlate eram grandes, luminosas qual seus nomes. Já Theodora, era muito pequena, tão pequena que ninguém na terra conseguia vê-la. O tamanho, porém não importava, pois a pequena Theodora estava certa de que era muito importante, apesar do seu tamanho.
Os anos passaram e novas estrelas nasceram, todas maiores, mais luminosas que Theodora.
Certo dia a pequena estrela fora motivo de zombarias. Muito triste procurou por Deus, queria explicações do por que nascera daquele jeito, tão pequenina. Deus então lhe disse que todas as criaturas e todas as coisas por ele criadas, tinham uma importante missão no universo. E que todas descobririam na hora certa, qual sua missão a cumprir e que assim como todas as suas criações, Theodora também tinha uma importante missão e que em breve descobriria.
Feliz novamente, Theodora aguardou ansiosa o dia de cumprir sua tão importante missão, sem sequer imaginar quão importante seria.
Numa certa noite, A pequena estrela percebeu certa inquietação no universo. Todos estavam extremamente nervosos. Algo acontecia! O que seria?Subitamente o universo foi tomado por uma treva jamais vista. Um anjo de Deus ordenou que todas as estrelas brilhassem com toda sua intensidade, pois um recém-nascido corria imenso perigo na terra.
Todas as estrelas então, brilharam e brilharam, mas foram vencidas pela treva que dominou por completo o universo. Naquele momento, a pequena Theodora percebeu que havia chegada à hora de cumprir sua missão. Foi então que a estrelinha começou a brilhar. Theodora brilhou, brilhou com tamanha força e com toda sua fé, capaz de vencer a imensa treva, iluminando novamente o universo. Aquela pequena estrela se transformara agora na maior e mais reluzente das estrelas de todo o universo. E fora sua força e sua luz que protegera a criança mais especial já nascida na terra.
No dia seguinte, todas as estrelas admiravam a beleza e a grandeza de Theodora que se transformara na mais resplandecente das estrelas de Deus.
A pequena grande estrela ainda não acreditara no acontecido. Todos admiravam-na agora! Seria pelo seu tamanho?
Deus acompanhado de seus anjos celestiais foi ao encontro da estrela e num gesto magnânimo tocou a estrela, agradecendo-a.
Theodora ajoelhada diante de Deus quis saber o que havia ela feito de tão grandioso para receber tal recompensa divina. Deus então lhe contou que a criança cuja vida Theodora havia salvado na terra, era Jesus cristo, seu filho unigênito. E que graças a sua força e fé, salvara também toda a humanidade, porque Jesus nascera para salvar o mundo. E que foi sua intensa luz que guiara os três reis magos até onde estava Jesus.
Theodora aprendeu a grande lição de que todos nós somos importantes, não importando nosso tamanho, nossa cor, nossa raça. Aprendeu que todos nós somos merecedores de dádivas e que somos muitíssimos importantes para a vida e, principalmente para Deus.

Anne Monteiro/ 20 de março de 2002/Belém.

Anne Monteiro
Enviado por Anne Monteiro em 12/11/2007
Reeditado em 02/09/2008
Código do texto: T733820

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anne Monteiro
Igarapé-Miri - Pará - Brasil, 42 anos
190 textos (65097 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 14:54)
Anne Monteiro