Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ECLIPSE



A lua já havia desaparecido,
Aquele astro luminoso sumia,
Em todo o sertão maranhense,
As plantas e árvores dormiam.

Hirtos de medos erguidos,
Com as folhagens entristecidas,

A garotada acordava as árvores,
Batiam, batiam em muitas latas,
Debaixo daquelas árvores.

Era uma batucada com latas,
Acordando as plantinhas,
Do eclipse da lua que chegava.

O barulho era intenso,
Animando e suscitando,
Caso contrário.
As plantas morreriam.

Em outras épocas,
O eclipse solar percorria,
A lua em diminuto diâmetro,
Desfazia-se menor que o sol,

Um disco negro aparecia,
No interior do disco solar,
Com um anel luminoso,

Eclipse da lua,
Eclipse do sol,
Fenômenos da natureza,
Que se partiam nos céus.


ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 07/12/2005
Reeditado em 15/09/2011
Código do texto: T82105
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055828 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:57)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor