Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porquinho em apuros

Paco porquinho
Contente e gordinho
Morava num chiqueiro
Num chiqueiro muito chique

Tomava banho de chuveiro
Tinha banheira de espuma
Chinelos e roupão

Quando do banho saia
Ficava desconfiado
Se o fazendeiro dizia:
- Que porco gorducho!
- Que porco limpinho!

Tremia de medo:
- Não quero virar lingüiça
- Não quero virar toucinho!

Salvem o porquinho!
AnaGCosta
Enviado por AnaGCosta em 12/01/2006
Reeditado em 13/03/2016
Código do texto: T98038
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AnaGCosta
Valparaíso - São Paulo - Brasil
241 textos (18838 leituras)
7 áudios (299 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:17)
AnaGCosta