Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
SONHADORA

Ó pequena formiguinha,
Tão sozinha e desgarrada,
Se perdeu no seu caminho,
Está só, sem carinho,
Tentando encontrar a estrada.

Sonhou que poderia,
Viver a vida sozinha,
Percebeu seu grande erro,
Mas o rumo já não tinha.

Depende agora da sorte,
Quem sabe se for pro norte?
Tem o sul e o nordeste,
O leste e o oeste,
Bem mais fácil é a morte!

O jeito é mesmo rezar,
Seus pesinhos já doendo,
De tanto tempo andar,
Sentou na beira de um morro,
Já quase pedindo socorro,
Olhou pro céu a pensar.

Mas vejam que grande surpresa!
O morro não era morro,
E sim seu formigueiro,
Acabou sua tristeza!

Mamãe a chorar,
Preocupado à sua espera,
Lhe deu um puxão de orelhas,
Estava brava, uma fera!

Pediu desculpas a ela,
Lhe perdoou, foi sincera,
Mais uma surra levou,
Do seu pai, de fivela!

Compre o livro: ( BRINCANDO DE POESIA ) Com Carlos de Almeida

pelo tel: 24- 33626241. Ou pelo hotmail: magicopoeta@hotmail.com Obrigado
Carlos Mambucaba
Enviado por Carlos Mambucaba em 16/01/2006
Reeditado em 06/10/2010
Código do texto: T99596
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Carlos de Almeida). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Mambucaba
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
484 textos (39315 leituras)
60 áudios (6885 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:27)
Carlos Mambucaba