Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A chave da porta 16,capitulo cinco(O feiticeiro Alfar)

Amanheceu e Cindy acordara com o barulho do despertador levando um susto.
__Prinnnn!
__Ahhhhhh! Que barulho horrível. _Acordou sobre um pulo e saiu voando para o armário.
Bobby acordara com os gritos de Cindy dizendo para ela não fazer tanto barulho, quando sua mãe bate em sua porta para acordá-lo.
__Bobby venha tomar café. _Ordenou ela indo para o quarto de Molly.
__Já estou indo mãe. _Respondeu olhando para Cindy. _Não se assuste é só o despertador.
Ele se levanta da cama, e vai até o banheiro se trocar, quando já estava vestindo seu tênis Cindy desceu do armário mais calma e ficou voando pelo quarto.
__Você vai para onde agora?
__Vou para a escola.
__Posso ir com você?
Bobby olhou para a face da gata humana e se convenceu que não podia deixá-la ali no quarto sozinha.
__Hum você tem que me prometer que ficara quieta ninguém pode te ver. _Disse segurando ela pelas asas.
__Sim prometo. _Respondeu ela voando diretamente para a mochila de Bobby.
Bobby desceu as escadas indo direto para a cozinha se sentando a mesa, tomou seu café e se despediu rapidamente de sua mãe, saiu pela porta da sala e seguiu a caminho da calçada onde levaria ao ponto de ônibus que levaria para a escola,quando chegou ao ponto encontrou seus amigos Derek,Julia e Peter logo em seguida o ônibus chegara e eles entram a caminho da escola.
Quando o ônibus chegou todos os alunos desceram e seguiram para o pátio principal, todos os alunos ficaram aglomerados esperando algo acontecer, quando a diretora entrou na parte superior do pátio e começou a falar.
__Silêncio!Obrigada bom queria comunicá-los que amanhã terá o provão.
Todos os alunos começaram a reclamar do provão surpresa, para todos ficarem calados a diretora voltou a falar.
__Silêncio, sei que todos estão surpresos com a noticia, mais o provão será dado para testar os conhecimentos de todos os alunos desta escola, aquele que ganhar o primeiro lugar ganhara uma viagem para a França.
Bobby não gostou da idéia do provão, na verdade nenhum aluno gostou, antes que o sinal batesse avisando a entrada dos alunos nas salas de aula, uma garota de longos cabelos castanhos claros e olhos esverdeados vinham correndo em direção a diretora, ela parou e esperou por um minuto tomando fôlego para falar,seu rosto estava com uma aparência assustada e tensa ela se aproximou bem perto da diretora cochichando no ouvido dela,a expressão do rosto da diretora mudou rapidamente.
__O que será que Vitória disse para a diretora?_Perguntou Julia.
__Não sei. _Respondeu Bobby.
__Bom o sinal vai tocar, quero que todos estejam em suas respectivas salas agora. _Ordenou ela olhando para o vice-diretor.
O sinal bate e sem os alunos entender o que estava acontecendo todos entra para suas salas, Bobby, Julia, Derek e Peter iam também para a sala de aula quando o vice-diretor colocou uma das mãos sobre o ombro de Bobby e disse.

Capitulo Cinco.
O feiticeiro Alfar.
 
_A diretora esta te esperando na sala dela.
Bobby saiu atrás do velho de bigodes deixando os amigos para trás, pensando no que a diretora queria com ele, quando atravessou o corredor que ficava a sala de numero 10 deu mais alguns passos e viu que o velho de bigodes não estava indo a direção da sala da diretora e sim para o corredor que ficava as escadas que levaria ao banheiro masculino,Bobby sem entender continuou a seguir o velho de bigodes, subindo as escadas ele começou a sentir um ar frio saindo pelas paredes brancas, o velho de bigodes olhou para ele e se aproximaram do banheiro.
__Entre. _Ordenou o velho de bigodes.
Bobby sem entender obedeceu ao velho entrando no banheiro e ficou parado de frente com a parede onde ele tinha visto o buraco negro.
__Porque me trouxe aqui?Não era para eu ir até a sala da diretora?_Perguntou Bobby olhando para o velho.
Cindy estava na mochila se remexendo, muito preocupada com Bobby, pensara que conhecia aquela voz de algum lugar, Bobby com medo que descobrisse a meia gata mulher em sua mochila ficou dando tapinhas sem que o velho percebesse.
__Você é aquele que esta com o livro de capa Marrom?
Bobby ficou pasmo sem fala, pensando como ele sabia do livro e que algum dia o livro estava em suas mãos, Cindy se mexia cada vez mais querendo sair de dentro da mochila.
__Do que você esta falando que livro?
__Eu sei que você achou o livro do Mundo de Narak não se preocupe não irei fazer nada, o que tanto esta mexendo em sua mochila?_Perguntou ele olhando para a mochila que se sacudia toda.
__Nada não, pare de se mexer Cindy. _Disse cochichando.
Cindy não se agüentando mais ficando dentro da mochila ela abriu a mochila saindo de dentro dela voando pelo banheiro, surpresa ela parou na frente do velho de bigode e disse.
__Alfar é você?
__Cindy o que faz na mochila deste jovem Humano?
__Vocês se conhecem, como é o seu nome?
__Bobby este é o Feiticeiro Alfar do reino de Narak.
__Achei que seu nome fosse John, mais porque esta aqui, há muito tempo o senhor trabalha nesta escola. _Falou Bobby intrigado.
Alfar explicou tudo ao Bobby dizendo o porquê estava ali tanto tempo sem que ninguém soubesse que ele era um feiticeiro de um mundo desconhecido para os humanos, disse que estava ali por uma única missão, procurar e proteger o escolhido de Narak.
__Quer dizer que você todos estes anos desde que entrei nesta escola, sabia que eu era o escolhido de Narak, porque nunca me contou?
__Não foi bem assim Bobby, até o momento de eu ingressar no mundo dos humanos eu não fazia idéia de quem era o escolhido, fui descobrindo aos poucos, mais sabia que o escolhido estudaria nesta escola.
__Porque você sabia que eu iria estudar aqui?
__Porque a porta que levara você até o mundo de Narak esta aqui nesta escola.


LucianaMMiyagi
Enviado por LucianaMMiyagi em 26/11/2007
Código do texto: T752871

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LucianaMMiyagi
Taguaí - São Paulo - Brasil, 33 anos
31 textos (1714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 14:19)
LucianaMMiyagi