Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***CAMINHONEIRO***

De madrugada o galo canta,
E me Desperta para o amanhecer,
Sem medo de ser feliz eu me levando,
Pego a estrada e vou viver...

A solidão me persegue agora,
Sigo O destino estrada a fora,
Vislumbro o céu no horizonte,
E oro a DEUS a toda hora...

Ele esta comigo e me conforta,
Por esta estrada irei seguir,
Sou caminhoneiro deste mundão,
De norte a sul cavando o pão,
E o meu ***DEUS*** não me deixa na mão...

A natureza e amante e amiga,
Pois foi criada pelo verbo do amor,
E me protege me ensina e me guia,
E não me deixa tristezas nem dor...

Às vezes sou um pássaro noturno,
Pegando a estrada no anoitecer
E deixo em casa minha doce amada
Para meu desencanto e o meu sofrer...

A vida e dura e cheia de tropeços,
Mas tenho alguém velando por mim,
Confio em DEUS e me aqueço,
E na minha casa alguém ora por mim...


Autoria: Nadir Vilela
(direitos autorais reservados)
Em 02-04-2006 Brasil-Itatiaia-Penedo
Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 02/04/2006
Reeditado em 26/05/2006
Código do texto: T132450

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84745 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:30)
Nadir Vilela Poetisa