Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como se nunca houvesse te amado!

 Eu óntem decidi
 que a partir de hoje
 vou começar de novo sem você
 e você? é uma brisa ausente...
 Como se eu fosse transparente
 Me alienando de tudo
 E assim escapar do que me atormenta

 Estou aqui...
 Não digo nada...
 Sem poder deixar de pensar...
 e apagar cada momento que
 o vento me trouxe.
 Como se nunca houvesse te amado.

 Como se nunca  houvesse te amado...
 como se nunca houvesse ficado assim..
 ...Eu quero fugir derrepente...
 Se pudesse escapar...

 Mas fico aqui outra vez,
 Não digo nada
 Sem gritar o que tenho vontade
 Ficando sozinha no nada...

 ...Depois eu vou viver
  Como se nunca houvesse te amado.

  Como se nunca houvesse te amado...


 
Alana Lena
Enviado por Alana Lena em 19/04/2006
Reeditado em 04/08/2015
Código do texto: T141879
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alana Lena
Veigy-foncenex - Rhône-Alpes - França
45 textos (1961 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:58)
Alana Lena