Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No fim

Quando a doença do mundo irá se curar?
Com uma luz posso andar para qualquer lugar,
mas o que farei quando alguém vier apagar?
Nenhum covarde irá sobreviver a ganância de quem não sabe sofrer.

Todos irão saber seu segredo
e quem gostar da sua vida virá com mentiras
para destruí-la,
eles descobrem os seus medos só para usá-los contra você.

Não se pode mais falar de amor
todos vão rir de você,
não se pode mais ser o que se é
sem ter o que eles querem,
todos vão rir de você.

Posso conversar sobre qualquer coisa,
mas não venha perguntar se sou feliz,
pois só enxergarei as coisas ruins,
coisas que não aprendi.

O que acontece aqui eu não sei,
o que acontece ai eu sei bem.
É bem mais fácil julgar,
bem mais fácil reclamar
do que se consertar.

Vamos andar em direção àquela parede velha
e não parar para descansar,
temos que aprender a chorar,
para no fim não termos a vontade de nos matar.
Roberto Maty
Enviado por Roberto Maty em 24/04/2006
Reeditado em 19/01/2013
Código do texto: T144531
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Roberto Maty) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roberto Maty
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
99 textos (3796 leituras)
1 e-livros (61 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:44)
Roberto Maty