Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Duas Semanas (03/07/06)

Das revoluções eu quero os céus que nunca mudam
O horizonte que cai sobre as armas cansadas
Das baixas que tivemos na noite passada

Das revoluções eu quero os romances
Dos campos dos amores-perfeitos
eu quero a flor da verdade
Das telas dos sonhos mais impossíveis
Eu quero o céu da tua cidade

Dos apagões eu quero as mesmas luzes apagadas
Como no teu quarto tomado pela escuridão
Onde se vêem teus olhos
Iluminado pela chama do teu coração

Quero me sentir nos teus braços
Beijar tuas mãos sujas do dia, como nos livros
Roubar um beijo da tua boca
E fingir que não tenho nada com isso
Quero te fazer rir das minhas bobagens
Do meu amor pelas faixas da estrada
Nas nossas grandes viagens
Do além para o nada

E onde eu te encontro mais uma vez?
No lado esquerdo do meu peito não há mais espaço pra nada
Está tão saturado de amor, que se fez coroar
Com um dos raros toques teus que desejo
Um dos mil papéis que te prometo
Uma das todas palavras, beijos, sonetos

Se você soubesse ler meus pensamentos
Não daria pra fugir,
onde quer que você se escondesse
É só te nome que irá ouvir

Gosto de escrever poemas com nomes estranhos
De rimar teus cabelos louros
Com seus olhos castanhos
De te dizer dos meus dias
Pra mim, perfeitos

Te dizer das flores, das tuas mil fases
Dos meus poucos amores, dos teus milhares
Lembras do que já fizemos
Das vezes que sonhamos com encontros
Que nunca tivemos

Dos nossos perigos da realidade
Dos efeitos das chuvas sobre minha cidade de giz
Do meu progresso em te fazer ainda mais feliz
Das vezes que sofremos
Da minha imensa saudade de você
Da coragem que não tenho
A coragem de te ver

Dos muitos anos que não te vejo
Minha mente tão insana, tão carente, tão humana
Faz pensar que passam trinta meses
Em duas semanas

Das noites chuvosas eu quero as manhãs eternas
Te ver na cama com os cabelos embaraçados
Nos teus lábios rosados
E o cobertor nas tuas pernas
Tudo claro e desarrumado

Tenho sentido falta das tuas gírias
Da tua respiração
Das batidas sonoras do teu coração
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 08/07/2006
Código do texto: T190027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:44)
Andrié Silva