Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TÁCITO MUTISMO

A NATUREZA FALA
MÁS O HOMEM NÃO ESCUTA
A MÃE TERRA SE ENTRISTECE
MÁS NUNCA DEXISTE DA LUTA

A NOSSA CULTURA INDIGENA
COM DESRESPEITO SEMPRE FOI TRATADA
ATEARAM FOGO EM GALDINO
GESTO CRUEL ASSASSINO
E SUA VOZ FOI CALADA

DESTROEM OS JEQUITIBÁS
AROEIRAS E SUCUPIRAS
DEVASTAM A FAUNA E A FLORA
SUFOCANDO...MILHARES DE VIDAS

AMAZÔNIA PULMÃO DO MUNDO
CHICO MENDES POR ELA LUTOU
MÁS A VIDA PREPARA SURPRESA
E VIMOS QUE A NATUREZA
DE TRISTEZA POR ELE CHOROU

ÓH INSOLENTE FACINORA DA TERRA
POLTRÃO CEGO AINDA NÃO PERCEBEU
QUE A TERRA QUE HOJE DESTROES
JÁ FOI UM PARAISO CRIADO POR DEUS

Letra e musica de Carlos Silva
Para o proximo cd: "VERSANDO CANTORIAS"
Criado em Itamira no Sertão da Bahia municipio de Aporá, sigo orvalhando meus versos em cantorias.
CARLOS SILVA POETA CANTADOR
Enviado por CARLOS SILVA POETA CANTADOR em 13/07/2006
Reeditado em 01/03/2008
Código do texto: T193123
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS SILVA POETA CANTADOR
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 53 anos
138 textos (7804 leituras)
3 áudios (306 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:16)
CARLOS SILVA POETA CANTADOR