Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REDEMOINHO

REDEMOINHO

Redemoinho levanta poeira
Enrola bandeira
Sujando varanda
Batendo portão
Fazendo ciranda
Papel em montão

Redemoinho não conhece carinho
Não faz por maldade
Não tem coração
Num sopro certinho
Só deixa saudade
Sua doce canção

E ele gira, gira, gira
E ele roda, roda, roda

Girando aparece
Girando acontece
Girando trabalha
Girando sem falha
Levou vaidade
Mostrou liberdade
Cavou esperança
Em coração de criança
Chegou sem sorrir
Sumiu sem sentir

E ele gira, gira, gira
E ele roda, roda, roda

Esta letra de música foi feita no início dos anos 1970
quando eu tinha cerca de 20 anos.Época de muitos festivais estudantis.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 17/07/2006
Reeditado em 17/07/2006
Código do texto: T195933

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:58)
Mario Rezende