Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cristal de Lítio

Por mais que estejamos acompanhados sempre caminhamos sozinhos
Por mais que sejamos guiados por anjos que nos têm nos braços
Nós podemos nos perder no caminho
Por mais que todos saibam de tudo
Sempre somos os que mais sabemos de nós
Dentro da nossa cabeça, entre os sentimentos estamos sós

Naufragados em nossos medos não temos voz, nos resta o coração
Mas nosso coração não nos pertence mais
Damos pra todo mundo nossos sentimentos fúteis
Contamos mentiras gostosas,
Gostosas de contar
Gostosas de ouvir
Mas difíceis de sentir

Mentiras verdadeiras dos verdadeiros amigos que nos fazem sorrir

Abençoado seja o deus que eu não creio
E todas as outras coisas que não amo
Todas as pessoas que me odeiam
Todas as pessoas que me enganam
Que se dêem pior que eu, pelo menos um dia nesta vida tem que ser meu
Hoje o dia é meu, e o que eu vou fazer?

E vou andar eu vou correr, vou pela primeira vez viver
Sentimos muito senhora hoje tudo está ocupado
Sentimos muito senhor hoje está tudo acabado
Hoje tudo é nosso e nós nos pertencemos
Hoje nós vedemos o corpo que é nosso
Por que nós o temos, e hoje não importam o que digam
Eu posso, eu posso

Por mais que pensemos que saibamos
Nunca vamos saber porquê pensamos
Estamos aqui, e é agora minha chance de nos divertir
Vamos contar nos dedos, as vezes que ficamos mal
Teremos verdades pra relembrar
Teremos música pra cantar
Não teremos motivos pra brigar
Mas nunca vamos deixar de lutar

Vamos nos ter por mais tempo
Sentiremos poesia no ar e sabor nas folhas de vento
Por mais tempo
Por mais tempo
Por mais

Por mais que estejamos acompanhados sempre caminhamos sozinhos
Por mais que sejam guiados por anjos que nos têm nos braços
Nós podemos nos perder no caminho
Por mais que todos saibam de tudo
Sempre somos os que mais sabemos de nós
Dentro da nossa cabeça, entre os sentimentos estamos sós

Naufragados em nossos medos não temos voz, nos resta o coração
Mas nosso coração não nos pertence mais
Damos pra todo mundo nossos sentimentos fúteis
Contamos mentiras gostosas,
Gostosas de contar
Gostosas de ouvir
Mas difíceis de sentir

Mentiras verdadeiras dos verdadeiros amigos que nos fazem sorrir
Vamos nos ter por mais tempo
Sentiremos poesia no ar e sabor nas folhas de vento
Por mais tempo
Por mais tempo
Por mais
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 25/07/2006
Código do texto: T201441

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98442 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:42)
Andrié Silva