Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMANHECEU, CHEGOU O DEZOITO!

                         
Quantas chances você tem de ver o que foi feito para você
Quantas chances você tem de ter o que deram para você
Não, não sou poeta, nem mesmo sei quem sou
Não serei eu a te ajudar quando tudo acabar

Recomece sua hora, amanhã o dia é outro
Hoje não tem, amanhã talvez tenha
Chega o passado, vai embora o futuro
Chega atrasado, amanheceu, chegou o dezoito

Onde estão seus amigos,  que fizeram por você
Onde estão seus pais, já libertaram suas asas
Será uma bela manhã, será um belo amanhã
Mas hoje ainda são dezessete, ainda não amanheceu

Ela vai te chamar, seu amor vai passar
Ela vai te amar, seus filhos vão te cobrar
Fique pronto meu amigo, se apronte para o amanhã
Por hoje vamos apenas comemorar

Eu sei que disse suas palavras
Mas do amor se faz pequeno homem barato
De suas roupas usadas se farão pequenos bordados
E de seus delírios se farão chegar aos dezoito legionários

Amanheceu, você chegou aos dezoito
Amanheceu, perdemos a festa e nada mais lhe resta
Você chegou aos dezoito
Daykon
Enviado por Daykon em 26/07/2006
Código do texto: T202206
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daykon
Santa Fé - Paraná - Brasil, 33 anos
46 textos (1217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:47)