Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pedras




12/1981




Pedras, pedras,
Sempre no meu caminho
Às vezes miúdas, às vezes tão grandes,
Que eu nem consigo chutar.

Pedras, pedras,
Sempre na minha estrada
Às vezes miúdas mas grandes amigas
Sempre a me acompanhar.

Quando menina eu chutava
Pedrinhas pelas estradas,
Tão desligada da vida
Com nada eu me preocupava.

Hoje que eu já cresci
As pedras também aumentaram
Só que na estrada da vida,
Às vezes tropeço ou caio.

Pedras, pedras,
Sempre no meu caminho
Às vezes miúdas, às vezes tão grandes
Que eu nem consigo chutar.

Pedras, pedras,
Sempre na minha estrada
Miúdas, graúdas são grandes amigas
Sempre a me acompanhar.


Minha filhinha haverá
Muitas pedras pra você chutar
Mas se lembre queridinha
Que aqui sempre eu vou estar
E sozinha, não as terás que chorar.
Edilene Barroso
Enviado por Edilene Barroso em 31/07/2006
Código do texto: T205734

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Edilene Barroso
Campinas - São Paulo - Brasil, 53 anos
192 textos (21457 leituras)
12 áudios (4784 audições)
5 e-livros (337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:53)
Edilene Barroso