Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RETIRANTE

RETIRANTE

Vou embora, vou saindo.
a vida seca, terra solta
meu pouco deixo aqui sem mágoa.
não sei porque tanta maldade.

Vou embora vou andando
meus olhos aterrando
meu corpo implorando
que miséria! Força esperança!

Estou parado vou ficando
a vida cara, ar impuro
o pouco que deixei me dói,
meu orgulho já morreu,
eis porque tanta saudade!


Essa letra de música foi feita no início dos anos 1970, quando eu tinha cerca de 20 anos.
Época de muitos festivais infantis.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 04/08/2006
Código do texto: T209028

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50928 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:55)
Mario Rezende