Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
“se foi”


sem uma palavra, você me dispensou
e não permitiu, o meu olhar
assim derrepente, você evaporou
sob os meus olhos, tão frágeis inquietos
nenhum pedido, de perdão
te fez mudar, me jogou pra escanteio
fiquei com minhas mãos, sujas de sangue
tão deturpado, meu coração

se foi e não deu, tempo pra te ver
se foi e não deixou, eu te tocar
se foi e não quis, nem mais me ver
se foi e não deixou, tudo acontecer


podia ter sido, assim tão belo,
a nossa volta, feitos um pro outro
a gente podia, ter saído mais
eu hoje estaria, te levando de carro
pra onde quisesse, a qualquer lugar
desse nosso mundo
tão grande imenso

se foi e não deu, tempo pra te ver
se foi e não deixou, eu te tocar
se foi e não quis, nem mais me ver
se foi e não deixou, tudo acontecer


como eu ainda sonho, em estarmos juntos
você me defendendo, de todo o perigo
escrevendo poemas, para nós dois
ilustrando nosso amor
como em um conto de reis e rainhas
que casam seus filhos, em um lindo baile

se foi e não vamos, nunca mais nos ver
assim como éramos, tão inseparáveis
você me esperava, naquele lugar
e lá eu estava, sempre com você

Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 19/08/2006
Código do texto: T219825
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70502 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:49)
Rônaldy Lemos