Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
VALSA SOLITÁRIA

Letra: William Mendonça
Música: Ricardo Mann


Na ilusão de reviver o amor
Meu olhar quis recriar visões
E semear manhãs,
Mostrar um tempo sem porquês,
Mostrar o sonho que criei só pra você ...

Você,
Verso que não encontro mais
- Todo o encanto se desfaz
Quando a canção vai,
Quando você não está aqui ...

Meu destino se perdeu assim,
Esquecido mesmo sem saber
Quem me tornei, enfim,
Por quanto tempo eu esperei,
Que outra vida eu viveria por você ...

Você,
Parte em tudo que sonhei
- Rumo que não encontrei.
Mais uma flor cai,
Quando você não está aqui ...

Sem perceber, meu coração
Baila essa valsa solitária
- Você, pra sempre longe de mim,
Um sentimento que não quer morrer
E que resiste até o fim ...

Sem perceber, essa ilusão
Inda me enche de esperança
- Você, pra sempre é parte de mim,
Um sentimento que não vai morrer,
E que resiste até o fim ...

Essa distância dói demais,
Quando você não está aqui.
Meu rumo não encontro mais,
Quando você não está aqui.
Todo o encanto se desfaz,
Quando você não está aqui ...
William Mendonça
Enviado por William Mendonça em 24/09/2006
Código do texto: T248363
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
William Mendonça
Tanguá - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
279 textos (55664 leituras)
16 áudios (7515 audições)
11 e-livros (33272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:58)
William Mendonça

Site do Escritor