Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não entendo nada agora...

A vida parece um passatempo,
ás vezes nem entendemos esse silêncio
que nos persegue nas noites frias
A tua voz faz eco, e eu mais uma vez
sozinha, tentando compreender por quê?
Onde está você? Parece que já se foi,
então venha aqui, preciso apenas falar
para você me escutar

Refrão:

Não entendo nada agora, sei que a vida
é uma escola, mas ás vezes nem mesma sei
como dar uma aula de história
A vida passa, e o momento fica, poesia, pranto,
ilusão, fantasia
Mas não esqueço de você, que me fez feliz, mas
eu preciso viver, mesmo sem ter você comigo

Minha canção foi desfeita pelo vento, e
só ficou em mim o pensamento, teu olhar,
minha lembrança, teu adeus, tanta tolerância
Doce beijo que me deixou, e nunca nem mesmo
me encostou, e agora os lábios me pedem para
a brisa me tocar no rosto, e apagar tudo o
que passou

Refrão:

Não entendo nada agora, sei que a vida
é uma escola, mas ás vezes nem mesma sei
como dar uma aula de história
A vida passa, e o momento fica, poesia, pranto,
ilusão, fantasia
Mas não esqueço de você, que me fez feliz, mas
eu preciso viver, mesmo sem ter você comigo

Ponte:

Tenta avistar o mar...Tenta não me conquistar
Quero apenas amar, não importa que seja agora,
mas vou achar meu grande amor



Roberta Mendes de Araújo
Enviado por Roberta Mendes de Araújo em 17/10/2006
Reeditado em 25/07/2008
Código do texto: T266721

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roberta Mendes de Araújo
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
218 textos (61847 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:02)
Roberta Mendes de Araújo