Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Restos


E eu que tanto fiz agora parece tão pouco
o que sobrou eu nunca quis...nem por isso você ficou
Restou alguns segundos para dizer adeus
antes que eu pudesse ver onde estava eu
e no fim eu sei o que poderia ter feito
e no fim nada mais nos deu direito

E Eu que estava com as mãos abertas
pude fim fechar e sorrir aos pedaços
Queria saber as palavras certas
para no fim falar tudo o que estava errado

Eu que tanto lutei agora parece desperdício
o que sobrou jurei...não deixar apenas por isso
Sofri pelos pedaços que restavam ao chão
e antes que pudesse reconstruir faltava um pedaço do coração
E no fim eu sei o que poderia ter feito
e no fim nada mais nos deu direito

E Eu que estava com as mãos abertas
pude fim fechar e sorrir aos pedaços
Queria saber as palavras certas
para no fim falar tudo o que estava errado

eu sei de tudo o que eu fiz e não deu
e sei de todos onde não estava eu
quando aconteceu
eu sei de tudo o que eu fiz e não deu
no fim não restou muitos segundos para dizer adeus
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 24/10/2006
Código do texto: T272387
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2634 textos (106055 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:48)
Maycon Batestin