Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do lado dos que não existem

Tão iludida e embriagada
Vieste por mil e uma estradas
Todas elas sem chão
No teu peito rancor
Na falta de um coração
Como sofre teu peito
Por tentar ser perfeito

Nem de ti sei o nome
Nem à vida eu conheço
Sei que eu ia aonde de onde vinhas
Mas tudo tem um preço
E se me convencer
Estou disposto a ficar
E descansar com você

Vieste donde vivem os tristes
Do presente do real
Dos que sofrem por quê existem
Vem que eu sou o teu presente
Presente a ser dado
Não o presente a ser vivido
Mas um sonho já realizado

Peço que fique e me acompanhe
Vou mostrar pro mundo
Que o sentimento mais profundo
É não ter de quem se apanhe
Nem bater em quem se ganhe
E, sim, não competir
Pois isso só mais cedo
Adianta a hora de partir
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 11/11/2006
Código do texto: T288103

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:30)
Andrié Silva