Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MATA, AMA, MATA

Letra: Lailton Araújo
Música: Lailton Araújo
Intérprete: Banda Moxotó


Quando a noite na mata chegar devagar
O bicho se deita no ninho pra acalentar
Filhote que pede calor à mãe natureza

Oiá! Oiá! Oiá! Oiá! Oiá!

Quando o dia na mata chegar devagar
O bicho levanta do ninho para caçar
Comida que vem saciar a fome da mata

Oiá! Oiá! Oiá! Oiá! Oiá!

Um índio saiu na canoa atrás de Tupã
E a tribo dos Pataxós se tornou irmã

Das nações que pedem a sobrevivência
Nas terras estranhas sem consciência

Pois negro, branco ou mendigo
Vestido de índio ou qualquer papel

Na selva de pedra é um bicho
Caçado sem trégua pra satisfazer

O puro prazer de ver a dor
E a presa acuada com seu cobertor

No ninho de pedra que a selva abrigou
Brasília que um dia “dezenove” guardou

Oiá! Oiá! Oiá! Oiá!

A mata, ama, mata
A mata, ama, mata

Oiá! Oiá! Oiá! Oiá!


Sites / Blogs: BANDA MOXOTÓ

http://bandamoxoto.blogspot.com.br/
http://www.youtube.com/bandamoxoto
http://www.myspace.com/bandamoxoto

LAILTON ARAÚJO
Enviado por LAILTON ARAÚJO em 20/11/2006
Reeditado em 29/04/2012
Código do texto: T296070
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
A MATA, AMA, MATA - LAILTON ARAÚJO
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LAILTON ARAÚJO
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
114 textos (16662 leituras)
43 áudios (6226 audições)
12 e-livros (10900 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:28)
LAILTON ARAÚJO