Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPOS DE INFANCIA

 

O MEU PENSAMENTO VAI
ONDE A VISTA NÃO ALCANÇA
RECORDANDO O MEU PASSADO
DOCES TEMPOS DE CRIANÇA
A SAUDADE DOS COLEGUINHAS
NUNCA ME SAI DA LEMBRANÇA
A MENTE DA GENTE VÔA
PARECE QUE VEJO A LAGOA
COM A AGUA SEMPRE MANSA


RECORDO A PROFESSORA
A SALINHA ONDE ESTUDAVA
A ESTRADA BEIRANDO A MATA
ONDE CORRENDO A IGREJINHA
E A BANDINHA QUE TOCAVA
PARA MIM FOI COMO UM SONHO
VI ATE O ROSTO RISONHO
DA MENINA QUE ME AMAVA

NA MENTE EU VI NESTA HORA
A PAISAGEM DESENHADA
OS ANTIGOS COMPANHEIROS
CADA UM SEGUIU UMA ESTRADA
HOJE VIVO COM SAUDADE
NESTA LONGA CAMINHADA
TUDO ISTO EU RECORDEI
OS CAMINHOS QUE PASSEI
ESTOU NO FIM DA JORNADA

NA TELA DO PENSAMENTO
SEMPRE TRAZEMOS GUARDADA
DOCES MOMENTOS DA INFANCIA
QUE SERA SEMPRE LEMBRADA
O PERFUME DE UMA FLOR
FAZ LEMBRAR Horas PASSADAS
NA PLANICIE E NAS MONTANHAS
ESTA SAUDADE ACOMPANHA
ATÉ A ULTIMA MORADA.
Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 23/11/2006
Reeditado em 30/11/2007
Código do texto: T298945
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
631 textos (25352 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:30)
Edilley Possente