Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MOXOTÓPOLIS

Letra: Lailton Araújo
Música: Lailton Araújo
Intérpretes: Banda Moxotó e Anastácia


Lá no Sertão no “Vale do Moxotó”
A roça “tá” seca e a água escassa
O inverno já veio, porém não molhou nada
A cacimba não jorrou e o gado “tá” morrendo

O anum vai piando mais um pio de agouro
E a beata na capela vai rezando ao “Padim”

“Meu Padim” fez uma “viage”
E “deixô” meu Sertão tão “sozim”

Sertão, terra de homens de fibra
E mulheres bonitas
Um solo tão sofrido e cantado
Na canção do nordestino

Um homem tão forte não pode abandonar
Seu berço eterno por falta de chuva

De noite sempre vejo lá na serra
A lua cheia tão meiga
De folheto de cordel
O céu, o mel do sofredor

O céu, o mel do sofredor...

Um moço tão bravo não deve aceitar
As tais explicações dos problemas do Sertão

Mais um braço “tá” saindo lá “pro” Sul
Esse corpo mergulhado em tempestade
Vai formando arrecifes encravados
No peito bem alto em São Paulo


Sites / Blogs: BANDA MOXOTÓ

http://bandamoxoto.blogspot.com.br/
http://www.youtube.com/bandamoxoto
http://www.myspace.com/bandamoxoto

LAILTON ARAÚJO
Enviado por LAILTON ARAÚJO em 24/11/2006
Reeditado em 28/04/2012
Código do texto: T299703
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
MOXOTÓPOLIS - LAILTON ARAÚJO
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LAILTON ARAÚJO
São Paulo - São Paulo - Brasil, 56 anos
114 textos (16660 leituras)
43 áudios (6226 audições)
12 e-livros (10898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:15)
LAILTON ARAÚJO