Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RASTREADO

                                           Rastreado

Relincha o telefone, quem pode ser.
Vejo na tela o numero, pra não me enganar.
Nada mais é confuso, tudo é claro interstelar.

Na lança do presente.
Lá na frente a ponta,
O futuro tento alcançar.
Contatos imediatos, in,mails conexões globais.
Milhões ao mesmo tempo, flutuam no ar.

Tenho o mundo na palma da minha mão,
Sou rastreado a todo instante não tem mais. [bis]
Onde eu me esconder.

Nada mais escondido nada mais é segredo,
Posso dar a volta ao mundo na ponta do dedo.
Antena parabólica, diabólica.
Me ouvindo e o olho do satélite a me vigiar.

Tenho o mundo na palma da minha mão.
Sou rastreado a todo instante não tem mais,
Onde eu me esconder.

J. Alves.
JAlves
Enviado por JAlves em 26/11/2006
Código do texto: T302084

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (J. Alves http://www.recantodasletras.com.br/autores/jalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAlves
São Paulo - São Paulo - Brasil
102 textos (11523 leituras)
16 áudios (2198 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:25)
JAlves