Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pra lá do meu muro

      Pra lá do meu muro

Vendo, a vida por cima do muro.
Passando a cada segundo, fecho os olhos não quero ver.
Gente correndo atrás do futuro.
Ficando sempre mais distante, difícil de se alcançar.

Mas pensar nisso tudo eu sei.
A conclusão que eu cheguei, não vai a nenhum lugar.
Na beira do caminho sentei, vendo passar não sei,
O que passar.
Olho pra frente p’rum lado e outro,
Do que vejo não da nem um pouco, vontade de me levantar.
Penso, no mundo que é tão inconstante,
De guerras pessoas carentes, da hipocrisia secular.

Mas pensar nisso tudo eu sei.
A explicação que eu tentei, ninguém pode explicar.
Olho tudo isso então, na tela da televisão, que ta no ar.

Pessoas, fazendo-se de importante.
Dizendo que ali adiante, a salvação vai encontrar.
E deve se arrepender obediente, adorando um ser ausente.
Pra quando morrer se salvar.

Mas pensar tudo isso eu sei.
Melhor fechar a boca de uma vez,
Senão vou apanhar.
E depois disso tudo então, desligar a televisão.
E me mandar.

J. Alves.
JAlves
Enviado por JAlves em 28/11/2006
Código do texto: T303687

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (J. Alves http://www.recantodasletras.com.br/autores/jalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAlves
São Paulo - São Paulo - Brasil
102 textos (11523 leituras)
16 áudios (2198 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:05)
JAlves