Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Anjos

Cá em cima se vê que as coisas são diferentes
Dos que pensam daqui do paraíso
Anjos não falam e andam como gente
E na verdade nem sabem o que é isso
Os que ainda estão vivos deram a entender
Que buscam as mais altas patentes
E são todos indicados por parentes
E que quem morre tem de morrer
Não foi escolhido por ninguém
É apenas vítima da posse
De quem escraviza quem não têm

Se os anjos não usam suas asas
Têm mochilas enormes no lugar
São espectros tristes pra lá e pra cá
A fim de se encontrarem dentro de si
Mas quando sentem o frio é olham o vazio
Que goza seus corpos muito despreparados
Que nem sobra têm
Por não serem também bronzeados
São zeros a direita que a esquerda estarão
Quando houve baixa
Ou desvio de negociação

Os anjos não são bons o suficiente
Para amar tanto quanto odeiam
Será que ninguém,
reverbera uma paixão ardente
No fundo de suas almas?

Cá encima se vê
Aqui nada mais existe
Como a mim também não
E que as forças do mundo são controladas pela razão
E a felicidade de um
É motivo pra deixar o outro triste

Os anjos não são brancos
E por que o seriam se nunca o serão?
A bondade se mostra na capacidade
De fazer o bem e não prejudicar
Mas temos que ser tão egoístas
Como o sentimento de saudade
Que quer o bem do ser amado
Por quê o deseja de verdade
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 30/11/2006
Reeditado em 01/12/2006
Código do texto: T305929

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98464 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:43)
Andrié Silva