Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÉ DE GRAVATÀ

Pé de gravatá

E de repente olhava pro mundo,
De cima do pé de gravatá,
Pra ver se a lua aparecia, lá no céu?
Eu em cima do pé de gravatá.

Quem sabe eu talvez pudesse.
Quem sabe eu também tivesse.
Com medo de descer de cima meu bem,
Do pé de gravatá......... [bis]

E me cegou, de repente um clarão.
Dois raios de luz, a me alumiar.
Era a luz dos seus olhos nos meus olhos meu bem.
Embaixo do pé de gravatá.

Quem sabe eu talvez pudesse,
Quem sabe eu também quisesse.
Não tem lua, desço e te dou um beijo meu bem.
Do pé de gravatá.

J. Alves.
JAlves
Enviado por JAlves em 02/12/2006
Código do texto: T307940

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (J. Alves http://www.recantodasletras.com.br/autores/jalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JAlves
São Paulo - São Paulo - Brasil
102 textos (11540 leituras)
16 áudios (2199 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 04:29)
JAlves