Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONSUMIDORES DO FRACASSO

QUEM QUER SER MAIS UM
COM DINHEIRO CONTEMPLANDO A DESGRAÇA
FUGINDO DE UM SORRISO SEM GRAÇA
QUEM QUE VEIO AO MUNDO
COM O FUTURO NA FAIXA
NUNCA CORREU ATRÁS DE NADA
A MINHA VIDA ESTÁ PASSANDO E EU NÃO QUERO NEM SABER
SÓ SEI QUE EU TENHO O QUE EU PODIA TER
NÃO ME ILUDI COM ESSA HISTÓRIA DE "QUEM PODE MAIS"
PODE SORRIR
NÃO ME VENDI E ACREDITO QUE O DINHEIRO FÁCIL
ROUBA SUA ALMA E CONTROLA OS SEUS ATOS
TE ENVOLVE NO DESCASO DA DESGRACA ALHEIA
CORROMPENDO MAIS UM ESCRAVO
CONSUMIDORES DO FRACASSO
COMUM, E DE ACORDO DOS DOIS LADOS
COOPERA E OPERA ESTE DESCASO
O MEU JUÍZO VALE MUITO MAIS QUE TUDO ISSO
EU NÃO PRECISO DO SEU LUXO E DO SEU GASTO EXCESSIVO
O SEU ORGULHO É O DINHEIRO
ELE É O SEU ABRIGO
TÃO CONFUSO OU INOCENTE
SEI QUE ESTÁ PERDIDO
ASSUMA O RISCO

FIM
Bach
Enviado por Bach em 10/08/2005
Reeditado em 01/09/2008
Código do texto: T41690

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bach
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
32 textos (1452 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:03)
Bach