Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sei o tanto quando perdes...

TEMPO SOLIDÃO

Nadir Silveira Dias


Trago linhas mal traçadas
Que o tempo me legou
Vida, amor e esperança
Se misturam sem cessar

Nesse insano cotidiano
Não me canso de pensar
Onde está o amor que busco,
Onde está o meu lugar?

Se a vida é apenas isso
Como vou recuperar
O meu tempo, nosso tempo,
Quando tudo acontecer?

Sei o tanto quando perdes
Sei o quanto perco eu
Se a vida nos separa,
O que nos resta fazer?

O que sei, tenho certeza
Não vai deixar de ocorrer
Tu és minha, eu sou teu,
Venha logo, meu amor!

Sei o tanto quando perdes,
Sei o quanto perco eu!
Tu és minha, eu sou teu,
Venha logo, meu amor!

E mata toda de uma vez
Esta imensa solidão!

Nadir Silveira Dias
Enviado por Nadir Silveira Dias em 27/08/2005
Reeditado em 06/11/2005
Código do texto: T45471
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nadir Silveira Dias
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1036 textos (153743 leituras)
4 e-livros (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:12)
Nadir Silveira Dias