Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EMPRÉSTIMOS

Todo mundo aqui se julga dono...
De todas as coisas que "possui"!
Só que eu discordo da idéia...
Que certamente não é do Rui!

O egoísmo faz com que as pessoas...
Simplesmente deixem de viver!
Se esquecem que tudo é emprestado...
E um dia iremos devolver!

O corpo que tenho é pó da terra...
E um dia pra ela irá voltar!
Não importa a grana que eu tenha...
Pois ela não poderei levar!

Ah que bom seria se os homens...
Pedissem emprestado ao Criador...
Só um pouco de sabedoria...
Pra viverem o verdadeiro amor!

Sinto pena de todos os homens...
Detentores do poder nas mãos!
Porque todos não passam de cegos...
Vitimados pela ambição!

Para os poderosos, um conselho:
Usem o colírio da humildade!...
Para enxergarem que a paz...
É o bem maior da humanidade!

Mas como ter paz, se há tanta fome?
Tantas injustíças sociais!
Homens se matando inutilmente...
Sempre por motivos tão banais!

Deus me emprestou essa coragem...
Para eu não me acovardar!
E pra toda forma de opressão...
Contra quero me manifestar!
Antonio Alves
Enviado por Antonio Alves em 28/08/2007
Reeditado em 26/03/2008
Código do texto: T627503
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Alves
Serra - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
4707 textos (116068 leituras)
10 áudios (3164 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 03:19)
Antonio Alves