Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Cronômetro

Meu bem, eu vou te cronometrar
No meu tempo e no seu relógio
Ver quantas batidas seu coração pode dar
Em meus momentos aos seus olhos

Vou descontar os segundos no tempo
E acrescentar minutos ao momento
Na distância de dois mundos, meu amor
Seremos um lugar único...

E quem sabe dos momentos que marcamos
Apenas um tempo
O cronômetro soube cada sentimento?
Eu saberia te dizer com a certeza do amanhã
Que é hoje o tempo de viver a beleza da manhã

Meu bem, eu vou te cronometrar
No meu coração e em seu peito
Um pensamento a sonhar
Sonhos de amores perfeitos

Vou descontar os segundos no tempo
E acrescentar minutos ao momento
Na distância de dois mundos, meu amor
Seremos um lugar único...

E quem sabe dos momentos que marcamos
Apenas um tempo
O cronômetro soube cada sentimento?
Eu saberia te dizer com a certeza do amanhã
Que é hoje o tempo de viver a beleza da manhã

E quem sabe no cronômetro do amor
Saibamos de fato o nosso tempo?
Assim, sem medo da dor
Por saber que o acaso
É parte de nossos sentimentos

Quem sabe
Essa tal da relatividade
Não nos torne mais relativos, amor?
Vivendo a margem
Cronometrada pelo amor
Maycon Batestin
Enviado por Maycon Batestin em 28/08/2007
Código do texto: T627667
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maycon Batestin
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
2642 textos (107650 leituras)
3 e-livros (207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 23:39)
Maycon Batestin