Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRISTEZA DE PEÃO

Eu fui um peão de rodeio
Já ganhei muito dinheiro
Eu fui muito aplaudido
Conheci o Brasil inteiro
Tenho taças e trofeus
Guardado na prateleira
Ainda tenho muito dinheiro
Aqui dentro da carteira

Mas tudo perdeu o valor
Depois do que aconteceu
Acabou a minha vida
Pra mim tudo morreu
Foi num grande rodeio
Depois de muito aplaudido
O povão não acreditou
Ao me ver ali no chão caído

E dentro de um hospital
Num silêncio profundo
Sentindo o sangue jorrar
Vi acabar o meu mundo
Hoje já não sou mais peão
E sim um pobre coitado
Eu sigo cavalgando a vida
Nesta cadeira sentado

Hoje já não ando mais
Eu fiquei fora de moda
Pois hoje o meu cavalo
É uma cadeira de roda
Mas pra mãe aparecida
Eu faço a minha novena
Peço para ela abençoar
Os peões dentro da arena
luispoeta
Enviado por luispoeta em 28/08/2007
Código do texto: T627698
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luispoeta
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil, 54 anos
49 textos (9186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 04:29)
luispoeta