Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOZ NO VENTO

Letra e Música: Mael Júlia & Roby Marx
(Em breve, disponível em áudio)

Chega o dia que promete iluminar
Paredes vazias sem nada pra contar
Janela fria que não pode se abrir.
A um sol cansado que deseja partir.
Oh, paz. Traga paz. Cuida de mim.
Faça a cama, me ama. Me faça dormir.

E de repente se desabrocha, uma antiga lembrança
e com ela, ombro a ombro, aquele medo de criança.
E naquele pôr-do-sol, que acende o pensamento
e sinto a solidão, em uma voz no vento.

Aquela nota que ressoa na canção.
Faz tocar em meu rosto, como uma mão.
Suave, pequena. Trecho de poema no papel.
E na imaginação, como se estivesse no céu.
Um rosto, um gosto exposto no ar.
Até chego a olhar em qualquer lugar.

E em mais um dia que amanhece numa aparente paz
Se esconde a luz que não vai brilhar jamais.
Arrepia no corpo, um afiado sentimento
de frio e dor, no fundo do peito.
E choro ao ouvir, uma voz no vento.
Mael Júlia
Enviado por Mael Júlia em 30/08/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T631043

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mael Júlia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
31 textos (1012 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:50)
Mael Júlia