Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poeta

--------------------------------------------
Não se descreve, entende ou explica
as pessoas. Para todos eu recomendo
ler, e declamar as pessoas.

Então como se declamaria um Poeta?
--------------------------------------------
Um pateta, um poeta

viaja ao ser e estar

em cada ida, toda a vida

tem muito a declamar



no chover, deixo ver

o escorrer da poesia pelo rosto

e no brilhar, no cintilar

agradece por sonhar sem imposto



vem definir, sem reprimir

por em infinitas rimas idéias

do amar, ao eternizar

as poesias pras finitas platéias



uniu verso, universo

alguns nem tentam entender

foi protegido, mesmo distraido

tem muito ainda a aprender



Sua lição, virou canção

e agora canta ela com gosto

Sorridente, segue em frente

ele prova estar disposto



um valente, irreverente

e sei que não está sozinho

muitos vão e passarão

mas ele é quem passarinho



mesmo embaçado, não está casado

e no desconhecido mergulhou

sua lembrança e esperança

eternizada na poesia que restou
Mauricio Leite
Enviado por Mauricio Leite em 31/08/2007
Código do texto: T631751
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor Maurício Leite) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauricio Leite
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 29 anos
58 textos (2742 leituras)
1 áudios (68 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 13:19)
Mauricio Leite