Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO FOLHAS AO VENTO

(Em breve, disponível em áudio)

Amanheceu
Da janela vejo o dia
O frio deixa tudo triste
As cores ficam sem vida
Céu, paredes, árvores, flores
Tudo se desbotou
São vítimas
Como eu também sou
Ligo a luz
O ambiente pouco iluminado
E ouço "Por brilho" no rádio ligado
A voz que corta a atenção
Do começo ao final
Sem ação esperei
Mas, não vi o teu sinal

Outra vez
Da janela vejo nuvens
O dia fica mais frio
Acho que vai chover
Sopra o vento
Leva as folhas que caiam ao chão
Acho que elas
Se parecem com o meu coração
Tomo o café
Lembro que você também  gostava
Acendo um cigarro
Seu rosto por entre a fumaça
Quando termino
Reparo que tudo parou
As vozes calaram
Foi a luz que se apagou
O rádio desligou
E ouço o vento soprar
Me sinto tão só
Cadê tua mão pra me consolar?
Dói em mim.
Quase tudo ficou em silêncio
E sinto meu coração
Como folhas ao vento.
Mael Júlia
Enviado por Mael Júlia em 31/08/2007
Reeditado em 05/09/2007
Código do texto: T632613

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mael Júlia
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
31 textos (1012 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 05:39)
Mael Júlia