Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indo Para Extrema

INDO PARA EXTREMA

EU ESTAVA EM CASA SEM  NADA A FAZER
ENTREI NO MEU CARRO, PEGUEI A ESTRADA
E FUI A EXTREMA TIRAR UM LAZER.

CORRENDO NA ESTRADA QUANDO FUI PARADO
UM HOMEM FARDADO QUERIA SABER
PRA ONDE EU ESTAVA INDO E O QUE IRIA FAZER.

EU DISSE: SEU GUARDA POR FAVOR
ME ENTENDA, EU VIM DE SÃO PAULO
E VOU PRA EXTREMA.

ESTOU COM MUITA PRESSA, VOU CORRENDO
MUITO NÃO PISO NO FREIO, VOU TOMAR
CACHAÇA DAQUELE ALAMBIQUE, LÁ NA
CACHOEIRA DO SALTO DO MEIO.

E CHEGANDO LÁ NÃO FIQUEI SOZINHO
ESTAVA ME ESPERANDO UMA LINDA
ORQUESTRA DE MIL PASARINHOS.

FIQUEI EMPOLGADO, PEGUEI A VIOLA
SENTE EM UMA PEDRA E ME PUS A TOCAR
DE LONGE ESCUTANDO O MAIS LINDO
CANTO DE UM SABIÁ.

OLHANDO A PAISAGEM E A CACHOEIRA
ENTÃO PERCEBI QUE ESSA BELEZA
ME DEIXOU FELIZ.
Tonhão Compositor
Enviado por Tonhão Compositor em 14/09/2007
Código do texto: T652451
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tonhão Compositor
São Paulo - São Paulo - Brasil, 65 anos
2 textos (29 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 03:19)
Tonhão Compositor