Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Selvagens

Cada vez que o vento sopra
E morre a caminho do mar
Solto um grito em silêncio
Insisto em não me calar

Quase sempre não tenho chances
Espero apenas o tempo passar
Nos caminhos do mundo
Não consigo me achar

Os selvagens são apenas crianças indefesas
Que não sabem dizer adeus quando amam de verdade
Os castelos desmoronaram não por falta de tijolos,
Mas por falta de sentimentos e por excesso de vaidade

Os meus passos nem sempre firmes
São como pedras atiradas ao ar
Ou um menino que corre livre
E não consegue parar

Tantos anos já se passaram
Todos os outros hão de passar
Até que eu encontre respostas
Pra tudo o que eu perguntar

Os selvagens são apenas crianças indefesas
Que não sabem dizer adeus quando amam de verdade
Os castelos desmoronaram não por falta de tijolos,
Mas por falta de sentimentos e por excesso de vaidade.
Vicente Miranda
Enviado por Vicente Miranda em 15/09/2007
Código do texto: T653854
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vicente Miranda
São Paulo - São Paulo - Brasil, 44 anos
38 textos (1358 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 21:05)