Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE REPENTE UM REPENTE PARA PALMAS

DE REPENTE UM REPENTE PARA PALMAS
(ELIAS JOÃO ELIAS DIB) 28 DE AGOSTO DE 2001

DO CERRADO QUE EU VIM
NADA DAQUILO RESTOU
HOJE SÓ VEJO PRÉDIOS E CASAS
PALMAS CRESCEU AGORA SÓ TEM DOUTOR.

QUANDO EU AQUI CHEGUEI ,
NADA ERA FÁCIL SEU MOÇO
NÃO HAVIA CASA PARA MORAR
NEM MESMO LUGAR PARA ENGOLIR O ALMOÇO.

E NA HORA DO DITO JANTAR
NADA ERA MUITO TRANQUILO
UNS COMIAM  NO BANDEIJÃO
E OUTROS COMIAM SÓ NO QUILO

A POEIRA ERA BASTANTE
O SOL ERA DE  RACHAR
LAVAR A ROUPA ERA NA VAZANTE
NÃO SEI COMO PUDE AGUENTAR.

NA HORA DE DORMIR TUDO ERA DIFÍCIL
ATÉ INIMIGO ENCONTREI
POR CAUSA DE UMA MESA VELHA DE OFÍCIO
FOI QUE QUASE ME LASQUEI

ESTE É UM REPENTE PRA PALMAS
CIDADE DO MEU CORAÇÃO
QUE ESCOLHI PARA CRIAR OS MEUS FILHOS
E DAR A ELES BOA EDUCAÇÃO

AGORA ESTOU  AQUI MAIS OU MENOS
JÁ TENHO CASA AONDE FICAR
É SÓ UM CARRINHO QUE TEMOS
E UMA MULHER BONITA PRA ME ACOMPANHAR.

A CADA MINUTO QUE PENSO ENTRO EM PRANTOS
E MEU PEITO ENCHE  DE  EMOÇÃO
ME LEMBRO DO VELHO SIQUEIRA CAMPOS
QUE FUNDOU ESTA CIDADE MEU IRMÃO.

AGORA ESTOU AQUI
TIVE UMA HORA DE INSPIRAÇÃO
DE FRENTE AO COMPUTADOR
ESCREVI ESTA CANÇÃO.

ESTA AGORA É PRA TERMINAR
GOSTARIA DE DEIXAR O MEU RECADO
GOSTO DAS MATAS, DAS PRAIAS, DOS BICHOS E DOS ANIMÁ
E TAMBÉM  DA SERRA DO LAJEADO.
eliasjoao
Enviado por eliasjoao em 17/09/2007
Reeditado em 27/04/2010
Código do texto: T655828
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
eliasjoao
Palmas - Tocantins - Brasil
532 textos (45142 leituras)
5 e-livros (178 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 16:55)
eliasjoao