Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Memórias

.:.
Vida – disfarça e diz pra onde eu vou.
Morte – carrega-me nos braços do Condor.
Planos: se os tenho é pra me libertar.

Hoje – carrego minha cruz, sei lá.
Ontem – rompi correntes do além-mar.
Sonhos: se os tenho é pra poder voar.

Toda essa história de desilusão
Flores, sonhos: tudo em vão.
Se o passado traz fortes recordações
e na lembrança trago marcas dos grilhões.
Velas, mortes:
reflexos de um passado
que nos deixou marcas na memória.

Fome – migalhas que ficam no altar.
Luxo – ventura de poucos mortais.
Guerras: quando as tenho não posso lutar.

Fortes – pessoas desses tribunais.
Fracos – nunca se cansam de os matar.
Sonhos: se os tenho é pra poder voar.

Toda essa história de reconstrução.
Maldades, mentiras... de um vilão.
Se o presente não suporta o que se fez.
Por que vivemos isso tudo outra vez?
Guerras, mortes:
reflexos de um passado
que nos deixou marcas na memória.

Memória
Memória... marcas
Memórias!

Nijair Araújo Pinto, Fortaleza – CE, 21 de julho de 2000.
19h00min

Letra do Meu CD Claustro.
ouça em:
www.tramavirtual.com.br/item_e
.:.
Nijair Araújo Pinto
Enviado por Nijair Araújo Pinto em 18/09/2007
Reeditado em 24/05/2016
Código do texto: T658039
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Memórias - Nijair Araújo Pinto
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nijair Araújo Pinto
Crato - Ceará - Brasil, 46 anos
2168 textos (63942 leituras)
81 áudios (1646 audições)
3 e-livros (537 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 12:56)
Nijair Araújo Pinto