Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O FUNK DA BERNARDETE

Bernardete sai de casa e já corre para o busão.
Pula poça, salta pedra, chuta lata,
Pinga perna, suja roupa, anda paca,
C'os mané tudo de olho nos peitão

Vem cá, Nardete !!!

Mas ela passa  e só finge que não vê
Hoje vai de busão arrebentado
Mas amanhã vai de carrão importado
Se os  mané não tá com nada, vai faze o quê ?!...

Vem cá, Nardete !!!

Bernardete agora já tem namorado
Cara arrumadinho e cheio das grana
Chega bem cedinho nos fim de semana
E Nardete sai faceira, no carrão bem lavado...

Aíííí , Nardete !!!!!!!!!!

Até parece que tu esqueceu a turma dos amigo
Até parece que tu só quer é namorar
E o povo pra te ver passar,
Tem de olhar pra trás dos vidro...

Ta escuro, Nardete !!! Ta escuro !!!!

O carrão passa rápido, cheio de velocidade
E a gente pula poça, salta pedra, chuta lata
Pinga perna, suja roupa, anda paca
Pra ver nardete sumindo, lá na cidade...

Aíííí,  Nardete  !!!
                                      Tu  se deu bem, Nardete  !!!!


 Refrão:
Aíííí, mulherão !
Pula poça, salta pedra, chuta lata,
Pinga perna, suja roupa, anda paca,
E os mané só de olho nos peitão...

Setembro 2007
Henrique Mendes
Enviado por Henrique Mendes em 20/09/2007
Reeditado em 08/10/2007
Código do texto: T660637

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique Mendes
Montijo - Setúbal - Portugal, 61 anos
290 textos (14325 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:43)
Henrique Mendes