Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DePri

Nunca vi uma sobrinha mais contente
sorrindo toda facera
no batuque do pandeiro
na exaltação da guitarra
Grita seu coração
meu amor não pares não

E o som vai tocando
a melodia no teclado
afinando
e a danada da sobrinha
meu amor não pares não

A bateria na frente sai gritando
e a mocidade alegre no ritmo
pulando

A viola com ciúmes dispara o volume e faz com seu cavaquinho
uma rima diferente,muda-se as passadas
mas a  danada da sobrinha
meu amor não pares não

O pandeiro batendo na guitarra
surrando o teclado
ecoa pela pista

vamu dançá minha gente
num só ritmo
são dois passos para frente
e nehum para trás

Aviola chora e o chorinho se despede e vai
embora
e a danada da sobrinha pega na sanfona
e diz
meu amor não pares não

E tudo recomeça
volta o pandeiro
volta a guitarra
volta o teclado
num ritmo acelerado
e a sanfona no vai e vem diz
é assim meu bem...

Mirão da Estrada
Mirão da Estrada
Enviado por Mirão da Estrada em 26/09/2007
Código do texto: T668847
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mirão da Estrada
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 50 anos
498 textos (14817 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:34)
Mirão da Estrada