Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Na adolescência


Papai,papai,papai
Onde tu estas
Que tanto te procuro  (bis)
E não consigo te encontrar

Às vezes me vejo em apuros
Com alguém penso em desabafar
Daí me lembra
Que contigo não posso contar

Papai,papai,papai
Onde tu estas
Que tanto te procuro  (bis)
E não consigo te encontrar

Mamãe pobrezinha
Não descansa te tanto chorar
Sem falar no caçulinha
Que morreu por que você nos esqueceu

Papai,papai,papai
Onde tu estas
Que tanto te procuro  (bis)
E não consigo te encontrar

É por isso que aclamo a Deus
Por um dia você voltar
Sem perder a fé e esperança
A tua procura
Combinou por minhas andanças

Papai,papai,papai querido
Onde você estiver
Se puder me ouvir
Ouça-me com atenção
Pois eu e mamãe o esperamos
De portas e braços abertos
Só me dói profundo o coração (bis)
Se você não voltar depois
Desta triste canção

Papai,volte por favor
Volte,volte,volte...

                                                     Mirão da Estrada
Mirão da Estrada
Enviado por Mirão da Estrada em 27/09/2007
Código do texto: T670284
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mirão da Estrada
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 50 anos
498 textos (14810 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:20)
Mirão da Estrada